Declaração de Fé

1 – Inspiração das Escrituras.
Cremos que tanto o Velho como o Novo Testamento é verbalmente inspirado por Deus e única regra infalível de fé normativa para a vida e o caráter cristão (I Timóteo 3.14-17; II Timóteo 3.16, 17; II Pedro 1.21).

2 – Trindade Santa.
Cremos em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: Deus-Pai, Deus-Filho e Deus-Espírito Santo; coexistentes, eternos, oniscientes, onipresentes e onipotentes (Deuteronômio 6.4; Mateus 28.19; II Coríntios 13.14; Lucas 1.35; João 1.14).

3 – Criação do Universo.
Cremos na criação do universo pelo Deus triuno e de tudo que nele existe, feito do nada, somente através da sua palavra, conforme relatado no livro de Gênesis. (Hebreus 11.3; II Pedro 3.5).

4 – Jesus Cristo.
Cremos no nascimento virginal de Jesus pelo poder do Espírito Santo, na sua vida sem pecado, em seus milagres, em sua morte vicária e expiatória, em sua morte e ressurreição física dentre os mortos e em sua ascensão vitoriosa aos céus, assentando-se à destra do Pai (Lucas 1.30-35; Romanos 8.34; Atos 1.9; Hebreus 1.3).

5 – O Homem.
Cremos na queda do homem e seu estado perdido que o destituiu da glória de Deus e que somente o novo nascimento, através do arrependimento e da fé na obra expiatória e redentora de Jesus Cristo, o pode salvar (Atos 2.38; 3.19; Romanos 3.23-26; João 3.3).

6 – Batismo nas Águas.
Cremos no batismo bíblico nas águas, feito em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, como um testemunho público de uma nova vida em Cristo (Mateus 28.19; Romanos 6.1-6; Colossenses 2.12).

7 – Espírito Santo.
Cremos no recebimento do Espírito Santo no ato da salvação, no poder de Deus fluindo na vida do salvo através do Espírito conforme ensinado por Jesus em João 7.38, 39.
Cremos na atualidade das manifestações do Espírito Santo para a edificação da Igreja conforme sua soberana vontade (Atos 1.8; 2.1-4; I Coríntios 12.1-12).

8 – Santificação.
Santificação é uma decisão do cristão de viver uma vida separada do pecado para servir a Deus, através da obra expiatória e redentora de Jesus Cristo no calvário, e mediante o poder do Espírito Santo que nos capacita a cumprir o mandamento de Deus: “ Sede santos, porque eu sou santo” (1 Pedro 1.16; Hebreus 9.14).

9 – Dons Ministeriais.
Cremos na totalidade dos 05 dons ministeriais de Jesus Cristo, distribuídos à sua Igreja, visando o aperfeiçoamento dos santos para o desempenho do ministério (Efésios 4.11-16).

10 – Dons Vocacionais.
Cremos na chamada individual de cada membro do corpo de Cristo para um propósito específico. Todos quantos nasceram de novo têm uma vocação para o exercício do ministério (Romanos 12.4-8; II Timóteo 1.9).

11 – Igreja Local.
Cremos que a Igreja de Jesus Cristo se expressa localmente, através daqueles que foram batizados no Corpo de Cristo pelo Espírito Santo, que estão sob autoridades reconhecidas e que se reúnem para adorar, levar adiante a Comissão da Igreja e ministrar de acordo com o que o Espírito Santo dirige (Mateus 16.18; 28.19, 20; Atos 2.40-47; Efésios 5.22-32; I Timóteo 3.15).

12 – Segunda Vinda de Cristo.
Cremos na segunda vinda de Cristo em duas fases distintas: Primeira: invisível para o mundo, para arrebatar a Sua Igreja fiel da terra. Segunda: visível e corporal com Sua Igreja glorificada (I Tessalonicenses 4.16, 17; I Coríntios 15. 51-54; Apocalipse 20.4).

13 – Juízo Final – Céu e Inferno.
Cremos no juízo vindouro que justificará os fiéis e condenará os infiéis ao inferno e à separação eterna de Deus (Apocalipse 20.11-15), e na vida eterna, no céu, de gozo e felicidade para os fiéis; de tristeza e tormento, para os infiéis (Mateus 25.46).

Topo

Receba nossa Newsletter

Quer saber sobre tudo que acontece na Vida Nova em Cristo, como eventos,
ministrações, palestras e tudo mais? É só se cadastrar.